Toyota Hilux 2017 no teste do alce
Toyota Hilux 2017 no teste do alce

Embora seja equipada com uma série de recursos, como sete airbags e controles de tração e estabilidade; a atual geração da Toyota Hilux continua pecando na segurança. No teste do alce realizado em setembro do ano passado pela revista sueca Teknikens Värld; a picape média quase tombou a uma velocidade de 60 km/h. Vale lembrar que a antiga geração do modelo também falhou. E para tal, a Toyota está prestes a promover mudanças no utilitário.

Após o resultado do teste, a Toyota respondeu rapidamente e enviou uma equipe de especialistas para discutir os detalhes do teste com a publicação. Depois disso, eles voltaram para o Japão a fim de corrigir o problema. Segundo o repórter da revista, Linus Pröjtz, tal problema pode ser solucionado com uma atualização no controle eletrônico de estabilidade (ESP); focando em reduzir a velocidade em caso de uma manobra evasiva ou quando os pneus estiverem com maior pressão para carga máxima; conforme manda o manual.

No teste realizado pela revista francesa; que consiste na simulação de desvio rápido de trajetória em velocidades entre 64 e 68 km/h com carga média na caçamba; para simular o desvio de um animal na pista. Entre as picapes, a Hilux foi a única a quase capotar. A publicação testou a versão topo de linha do modelo; com rodas de 18 polegadas e pneus 265/60; e uma mais simples, com rodas aro 17 e pneus 265/65. Em ambos os casos, o resultado foi o mesmo.

A antiga geração da Toyota Hilux também falhou em 2007 e fez com que a empresa parasse de oferecer as versões equipadas com rodas de 16 polegadas. No caso da oitava geração (atual); é esperado que a marca deixe de comercializar as configurações com rodas aro 18 como uma medida de segurança extra.

A equipe de testes da Teknikens Värld já comunicou que vai realizar os testes com a Hilux atualizada na Espanha e na Suécia para verificar se o problema foi realmente corrigido.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Após vexame no teste do alce, Toyota Hilux terá melhorias no ESP