Tracionando renault-captur-vs-renault-duster-1-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur e Renault Duster têm diversos pontos em comum

Na tentativa de aumentar sua participação no segmento de crossovers compactos, a Renault anunciou nesta semana a chegada do novo Captur no mercado brasileiro. O modelo chega para se posicionar como uma opção mais refinada, moderna e cara que o Duster, que continua sendo vendido e ocupa a posição de modelo de entrada da marca na categoria. Todavia, apesar de não parecer, o Renault Captur e o Renault Duster têm bastante em comum.

Tanto o Captur como o Duster são construídos a partir da plataforma B zero, que equipa também os modelos Duster Oroch; Logan e Sandero. Ou seja, o Captur é diferente do modelo oferecido no mercado europeu, que é menor e utiliza uma base mais moderna, a mesma do hatch Clio de quarta geração. Além desse item, os dois utilitários-esportivos compartilham outros componentes importantes, como é o caso do conjunto de motores.

Entretanto, vale a pena gastar um pouco mais para levar o lançamento da Renault ao invés do veterano?

Tracionando Renault-Captur-2017-oficial-br-8-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur 2017

Renault Captur e Renault Duster – visual e dimensões

Muitos nem vão saber a respeito das semelhanças do Captur e do Duster por conta do visual. Enquanto o Renault Duster apela para o lado mais “rústico” da coisa, com formas mais retas e quadradas por todos os lados; o novo Captur ostenta linhas mais modernas e de acordo com os recentes lançamentos da fabricante francesa, em especial os vendidos na Europa.

No caso do Duster, a dianteira é marcada por faróis quadrados, interligados à grade seguindo o mesmo formato, destacando o logotipo de losango da Renault no centro; além do para-choque com desenho mais pronunciado, em especial pela moldura da tomada de ar na parte central. As laterais, por sua vez, contam com linha de cintura mais baixa e ampla área envidraçada; e uma espécie de “meia-lua” nas portas, característica herdada da antiga geração do Sandero (modelo no qual o crossover se baseia).

Já na parte traseira da carroceria, o Duster segue com as formas mais robustas. O destaque vai para as lanternas mais afiladas e em posição vertical, com uma espécie de “S” em LED como destaque, que causa um efeito interessante à noite. A tampa do porta-malas destaca uma régua com o nome do modelo, logo acima do suporte de placa; enquanto o para-choque traseiro repete a mesma receita do dianteiro, com um detalhe que imita aço no centro.

Nas medidas, são 4.329 mm de comprimento; 1.822 mm de largura e 1.683 mm de altura; com distância entre-eixos de 2.674 mm. O porta-malas do carro comporta até 400 litros, enquanto o tanque de combustível tem capacidade para 50 litros. O peso do crossover varia de 1.214 kg a 1.362 kg.

.

Tracionando Renault-Duster-2017-14-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Duster 2017

O Captur, por sua vez, tem faróis espichados com direito a máscara negra, também formando conjunto com a grade, esta com um formato mais amplo e espichada na parte inferior, com um filete em preto brilhante ladeando o logotipo da Renault. O para-choque frontal do carro, por sua vez, tem como destaque a tomada de ar; as luzes de neblina e as diurnas de LED integradas em uma só peça, também com detalhe inferior imitando alumínio.

As laterais do Renault contam com um detalhe côncavo logo abaixo das maçanetas, além de linha de cintura elevada. Outro destaque do carro é a pintura em dois tons, sempre com teto na cor preta em combinação com outra tonalidade da carroceria; disponível como opcional em todas as versões. Por fim, a traseira conta com lanternas de LED horizontais invadindo a tampa do porta-malas e para-choque predominantemente na cor preta, com destaque para um filete cromado logo abaixo da tampa do porta-malas.

O Captur mede 4.329 mm de comprimento; 1.813 mm de largura e 1.619 mm de altura; com entre-eixos de 2.673 mm. No porta-malas, são 437 litros, ao passo que o tanque de combustível leva até 50 litros. O peso do carro varia de 1.273 kg a 1.352 kg.

Tracionando Renault-Captur-2017-oficial-br-12-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur 2017

Renault Captur e Renault Duster – interior

Na cabine, o Captur e o Duster seguem com boas diferenças. O crossover mais em conta da Renault conta com um painel com as mesmas formas mais retas encontradas na carroceria, em especial pelo console central. Como destaque, há o painel de instrumentos com o conta-giros no lado esquerdo, o velocímetro no centro e um display digital com o computador de bordo e o nível de combustível no lado direito.

Há também saídas de ar arredondadas e sistema multimídia em uma posição mais baixa, o que pode prejudicar a visibilidade do motorista no dia-a-dia. Fora isso, o carro ostenta acabamento em plástico por todos os lados, em especial no painel; com direito a detalhes em preto brilhante e alumínio, afora insertos de tecido no painel das portas.

O interior do modelo é espaçoso e consegue levar até cinco ocupantes, além das bagagens no porta-malas de 400 litros.

.

Tracionando Renault-Duster-2017-24-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Duster 2017

Já o novo Captur tem um painel mais moderno e amplo, com destaque para as saídas de ar verticais no centro; e o console central que abriga a central multimídia e os comandos de ar em uma só peça, com acabamento em preto brilhante e moldura cromada. Assim como no Duster, o acabamento conta com plástico por todos os lados, com detalhes em tecido nas portas e nos apoios de braço.

Além disso, há como destaque o painel de instrumentos com o conta-giros no lado esquerdo e o marcador no lado direito; além do velocímetro digital no centro e o computador de bordo logo acima.

Por contar com praticamente as mesmas medidas do Duster, o Renault Captur também oferece bom espaço para os cinco ocupantes. O porta-malas também ostenta uma boa capacidade.

Tracionando Renault-Captur-2017-oficial-br-18-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur 2017

Renault Captur e Renault Duster – equipamentos

Confira abaixo os equipamentos de série do Captur:

Renault Captur Zen

Equipado de série com quatro airbags (dianteiros e laterais); controle eletrônico de estabilidade (ESP); controle eletrônico de tração (ASR); assistente de partida em rampas (HSA);  freios com ABS; ISOFIX;  direção eletro-hidráulica; volante com regulagem da altura; ar-condicionado; rodas aro 17 polegadas de liga leve; vidros elétricos; alarme perimétrico; chave-cartão hands free; comando de áudio e celular na coluna de direção (comando satélite); assento do condutor com regulagem de altura, sistema CAR (travamento automático das portas a 6 km/h); luzes diurnas em LED; retrovisores rebatíveis e piloto automático com indicador e limitador de velocidade.

Renault Captur Intense

Adiciona rodas aro 17 polegadas de liga leve diamantadas; apoio de braço dianteiro; Media Nav 7” touchscreen; câmera de ré; ar-condicionado automático; sensor de chuva; farol de neblina com função Cornering Light e sensor crepuscular.

Tracionando Renault-Duster-2017-20-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Duster 2017

Veja abaixo os itens de série da linha do Duster:

Renault Duster Expression

Oferece airbags frontais; freios ABS com EBD; alarme perimétrico; maçanetas nas cor preta; para-choques e retrovisores na cor da carroceria; rodas de aço de 16 polegadas; luzes de condução diurna; barras de teto longitudinais; vidros dianteiros e traseiros elétricos; ar-condicionado; banco do motorista e volante com ajuste de altura; direção eletro-hidráulica; retrovisores manuais; travas elétricas; sistema de som com entradas auxiliar e USB e comando de áudio e celular na coluna de direção, entre outros.

Renault Duster Dynamique

Oferece ainda faróis de neblina; maçanetas na cor da carroceria; rodas de liga-leve de 16 polegadas; três apoios de cabeça traseiros reguláveis em altura; vidros dianteiros e traseiros com função one touch, antiesmagamento e fechamento pela chave; computador de bordo com 10 funções; volante revestido parcialmente em couro; banco traseiro bipartido; sensor de estacionamento traseiro; retrovisores com regulagem elétrica e sistema multimídia Media Nav Evolution com tela sensível ao toque de sete polegadas e navegador GPS.

Tracionando Renault-Captur-2017-oficial-br-19-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur 2017

Renault Captur e Renault Duster – motorização

Tanto o Duster como o Captur são oferecidos com motores 1.6 flex e 2.0 flex. O primeiro é o SCe 16V de quatro cilindros, que consegue gerar 118 cv com gasolina e 120 cv com etanol, a 5.500 rpm; e torque de 16,2 kgfm, a 4.000 rpm, sendo que 90% já está disponível a 2.000 rpm. Este propulsor conta com um câmbio manual de cinco velocidades.

O Duster 1.6 consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 11,8 segundos e tem velocidade máxima de 166 km/h; enquanto o consumo é de 7 km/l na cidade e 7,4 km/l na estrada com etanol e 10,2 e 10,8 km/l, respectivamente, com gasolina. No Captur 1.6, são necessários 11,9 s, com máxima de 169 km/h; já o consumo é de 7,6 e 8 km/l com etanol e 10,9 e 11,3 km/l com gasolina.

Já o segundo é um 16V de quatro cilindros, que entrega até 143 cv com gasolina e 148 cv com etanol, a 5.750 rpm, e torque de 20,2 e 20,9 kgfm, respectivamente, a 4.000 rpm. No Duster, este propulsor é oferecido com uma transmissão manual de quatro marchas ou automática de quatro relações; além de opção de tração 4×4 e câmbio manual; enquanto no Captur ele está disponível apenas com a caixa automática e tração dianteira.

.

Tracionando Renault-Duster-2017-26-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Duster 2017

No Duster 2.0 manual, a aceleração de 0 a 100 km/h é feita em 10,4 s, enquanto a velocidade máxima é de 186 km/h; com consumo de 6,4 km/l e 7,4 km/l com etanol e 9 e 10,8 km/l com gasolina. O 2.0 automático faz em 11 s e tem máxima de 176 km/l; com consumo de 6 e 7,1 km/l e 9 e 10,4 km/l, respectivamente. A versão 2.0 manual 4×4 atinge os 100 km/h em 10,6 s e tem máxima de 187 km/h; com consumo de 6,7 e 7,5 km/l com etanol e 9,8 e 10,8 km/l com gasolina.

O Captur 2.0, por sua vez, vai de 0 a 100 km/h em 10,9 segundos e atinge máxima de 179 km/h. Já o consumo de combustível é de 6,2 e 7,3 km/l com etanol e 8,8 e 10,8 km/l com gasolina.

Tracionando Renault-Captur-2017-oficial-br-20-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Captur 1.6 2017

Renault Captur e Renault Duster – preços

Confira abaixo os preços do Captur e do Duster:

Renault Duster Expression 1.6 manual: R$ 69.620
Renault Duster Dynamique 1.6 manual: R$ 75.320
Renault Duster Dynamique 2.0 manual: R$ 84.120
Renault Duster Dynamique 2.0 automático: R$ 85.070
Renault Duster Dynamique 2.0 manual 4×4: R$ 86.620

Renault Captur Zen 1.6 SCe manual: R$ 78.900
Renault Captur Intense 2.0 automático: R$ 88.490

Tracionando Renault-Duster-2.0-2017-1024x683 Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção? *Destaque Brasil Crossovers Renault  utilitário-esportivo mercado francês Duster crossover comparativo compacto Captur Brasil
Renault Duster 2.0 2017

Renault Captur e Renault Duster – e aí, qual vale mais a pena?

Como deu para notar, apesar de compartilhar uma série de componentes, o Captur e o Duster têm uma série de diferenças. O novo crossover compacto da Renault chama atenção pelo visual e interior mais modernos, além da oferta de equipamentos mais ampla; enquanto o modelo mais “antigo” atrai pelo preço mais baixo, que acaba sendo crucial no momento da compra, mas acaba decepcionando pela lista de equipamentos menos recheada, especialmente no quesito segurança.

Ou seja, se você estiver em busca de um crossover da Renault e conta com uma grana extra no bolso (considerando as versões mais em conta), dê uma atenção especial para o novo Captur, que é mais moderno e, sobretudo, mais seguro. Todavia, se o foco for custo benefício ou até mesmo estiver em busca por um carro mais robusto (com opção de tração 4×4), o veterano Duster pode ser o seu número.

Se formos considerar as variantes mais caras, o Renault Captur amplia sua vantagem, já que ambos custam praticamente o mesmo. No entanto, é de se esperar que a Renault deixe de oferecer o Duster nas configurações topo de linha, para não gerar este “conflito interno”.

Vale lembrar que o Renault Captur ganhará em breve a opção de câmbio automático tipo CVT para a versão com motor 1.6, deixando a oferta mais interessante.

.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Renault Captur ou Duster: qual é a melhor opção?

  • Eli

    O perfil da Captur é realmente muito ruim, a faixa na parte de baixo da porta é esquisita, talvez na biton branca com teto preto seja interessante. Sua traseira com rodas altas parece aquelas pessoas de quadris muito grandes e seu capô dianteiro nada tem que lembre um SUV. Entre os dois ficaria e ficarei certamente com o Duster. Esta aí só é novidade, mas além de não convencer, já começou mal, com a 2.0 com câmbio AT-4. Só precisam de uma pá de cal, pois o sujeito que resolveu lançar assim no mínimo deve estar dando um prejuízo grande a fábrica e as concessionárias, Teve até cliente saindo do carro reclamando ao ver o tal câmbio e nem querer fazer o test drive. Nem propaganda constante e dispendiosa vai resolver a mancada dada pela Renault. Infelizmente, pois seus carros populares, Clio, Clio sedan,Sandero,Logan foram carros razoáveis para a época de seus lançamentos. Duster foi e ainda é o queridinho de muitos, SUV bem adequado as nossas ruas e estradas e com espaço para a família e bagagens, com preço digamos dentro de um patamar ainda alto para seu acabamento e equipamentos. Creio que atualizando e melhorando seu consumo urbano é um prato cheio para muitas famílias brasileiras que precisam de carro para viagens, praia, sítio e até levar alguma carga extra, seja em estrada pavimentada ou de terra. Mas vende alguma coisa, sempre há os exibidinhos que vão mostrar o “novo”.

    • Muito bem colocado, Eli. O Duster foi lançado há anos e segue sendo vendido por ser um modelo mais em conta que os outros crossovers. Já o Captur surgiu com uma proposta mais refinada, embora não seja um produto muito melhor que o Duster. O problema do câmbio AT4 deve ser solucionado em breve com a chegada do CVT, mas apenas para o motor 1.6.