Tracionando Nissan-Frontier-2017-1-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário
Nissan Frontier de nova geração, que chega ao Brasil nos próximos meses

A Nissan já é uma velha conhecida dos consumidores no segmento de picapes. Neste ano, a fabricante japonesa comemora os 80 anos do lançamento da sua primeira representante na categoria. Já são mais de 14 milhões de picapes comercializadas em aproximadamente 180 países nas últimas oito décadas. E para comemorar, a marca prepara o lançamento da nova geração da Frontier no Brasil.

A primeira picape da Nissan foi a Datsun 13 Truck (modelo da marca de baixo custo da empresa), que foi lançada em julho de 1934. O modelo contava com cabine simples; capacidade de carga de 520 quilos e era equipado com um motor com potência máxima de 15 cavalos, a 3.600 rpm; associado a um câmbio manual de três marchas.

Na década de 1960, a Nissan lançou a Datsun Truck 1200, um modelo de dimensões compactas e equipado com um motor de 1.200 cm³, suspensão independente no eixo dianteiro (barra de torção) e com opção de uma versão alongada.

Tracionando Nissan-Frontier-2017-1-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário   Tracionando Datsun-13-Truck-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário
Datsun 13 Truck

Os primeiros carros e picape da Datsun foram introduzidos em mercados da América Latina, como Peru e Chile, a partir de 1935. No ano de 1972, a Nissan iniciou a produção da Datsun 521 em sua planta de Cuernavaca, no México, com direito a exportação para alguns países da região. Anos depois, a picape Datsun 620 passou a ser fabricada por lá e exportada para outros mercados.

A Datsun 720 marcou a estreia da terceira geração de picapes produzidas na América Latina. O modelo foi o primeiro a oferecer tração nas quatro rodas. Entre 1973 e 1979, as vendas da 720 ajudaram a aumentar o número de picapes nas vias da região; passando de 2.000 para 72.000 unidades por ano, especialmente na Nicarágua, em El Salvador e em Honduras, os principais mercados.

Nos anos 1990, a família D21 foi anunciada para substituir a 720. No Chile, o modelo estreou como Terrano e, nos demais países, como Frontier.

Tracionando Nissan-Frontier-2017-1-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário   Tracionando Datsun-13-Truck-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário   Tracionando Infográfico-Nissan-Frontier-1024x683 Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes Nissan Picapes  picapes mercado japonesa Frontier comemoração aniversário
Infográfico da Nissan Frontier

No Brasil, a Nissan iniciou suas atividades oficiais em 2000, ainda como importadora, e a Frontier foi um dos primeiros veículos vendidos pela marca no País. Dois anos depois, a picape começou a ser produzida na fábrica da aliança Renault-Nissan, em São José dos Pinhais (PR); sendo o primeiro carro da fabricante japonesa produzido localmente. Por aqui, a Nissan Frontier já soma mais de 100 mil unidades vendidas.

Nova geração da Nissan Frontier

A próxima geração da Frontier, que foi apresentada ao público no último Salão de São Paulo, será introduzida no mercado brasileiro ainda no primeiro trimestre deste ano. A picape foi totalmente renovada; com destaque para o visual mais atual marcado pela grade dianteira V-Motion e os faróis de LED.

O novo utilitário será equipado com um motor 2.3 litros turbodiesel, com 190 cavalos de potência e 40 kgfm de torque; associado a um câmbio automático de sete velocidades e tração 4×4. Porém, pelo menos de início, a Frontier 2018 não irá substituir a nova geração; que deverá seguir sendo oferecida nas versões mais caras.

A nova Nissan Frontier será importada do México. A partir do ano que vem, o modelo sairá da planta da Renault-Nissan em Córdoba, na Argentina, ao lado da Renault Alaskan e da picape da Mercedes-Benz. O preço da nova Frontier? É de se esperar por algo em torno de R$ 170 mil.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Nissan comemora seus 80 anos no segmento de picapes