O TRACIONANDO avaliou a nova linha do Ford EcoSport FreeStyle 2018. A versão intermediária da gama do crossover compacto estreia com mudanças significativas no visual e no interior; melhorias no acabamento; lista de equipamentos mais recheada e boas alterações no conjunto mecânico.

No caso desta versão, a lista de equipamentos de série dispõe de sete airbags (frontais, laterais, de cortina e de joelhos para o motorista); freios ABS com EBD; controles de estabilidade e tração; assistente de partida em rampas; monitoramento da pressão dos pneus; Isofix; sistema anti-capotamento; piloto automático; sensor de estacionamento traseiro; grade frontal ativa; rodas de liga-leve de 16 polegadas; ar-condicionado e direção elétrica.

Há ainda sistema multimídia SYNC 3 com tela de 8 polegadas, navegador GPS, Android Auto e Apple CarPlay; computador de bordo de 2,8 polegadas; volante multifuncional com ajuste de altura e profundidade; chave canivete; tampa do porta-malas com abertura elétrica; vidros, travas e retrovisores elétricos, câmera de ré; sistema inteligente do porta-malas; ar-condicionado automático e digital; luzes diurnas de LED, entre outros.

O motor que equipa o EcoSport 2018 nesta configuração é um 1.5 litro flex de três cilindros e 12 válvulas. Ele desenvolve 130 cavalos de potência com gasolina e 137 cv com etanol; e 15,6 e 16,2 kgfm de torque, respectivamente. Junto a este propulsor está uma nova transmissão automática de seis velocidades com conversor de torque e tração dianteira.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Avaliação do novo Ford EcoSport Freestyle 2018 (vídeos)