Tracionando hyundai-tucson-primeira-geracao-1-1024x683 Hyundai Tucson começa a desaparecer das lojas Brasil Crossovers Hyundai Mercado  vendas Tucson primeira geração fim de linha crossover coreano concessionárias compacto Brasil
Hyundai Tucson de primeira geração

Com a chegada do Hyundai Creta, algo já era praticamente certo na linha da fabricante coreana: o Hyundai Tucson deixaria de ser oferecido no mercado brasileiro. O crossover de primeira geração fez sua estreia no território nacional em 2005 e começou a ser fabricado na planta da CAOA (empresa importadora dos carros da marca) em Anápolis (GO) em 2008. E por se tratar de um carro defasado em relação aos concorrentes, o modelo já não vende tão bem como antes, com apenas 161 unidades emplacadas em janeiro, contra 1.182 do Creta.

Conforme uma publicação do portal Autoo, o Hyundai Tucson de primeira geração já é uma figurinha rara nas concessionárias da empresa sul-coreana no Brasil. Em algumas revendas na capital de São Paulo e na região do Grande ABC, o modelo já não é mais encontrado. “Só temos praticamente três unidades do Tucson antigo ainda no estoque, mas apenas esperando pela aprovação do financiamento. A gente praticamente esgotou todas as unidades dele em janeiro”, informou um dos vendedores.

Tracionando hyundai-tucson-primeira-geracao-2-1024x683 Hyundai Tucson começa a desaparecer das lojas Brasil Crossovers Hyundai Mercado  vendas Tucson primeira geração fim de linha crossover coreano concessionárias compacto Brasil
Hyundai Tucson de primeira geração

Logo, é bastante provável que o antigo Tucson tenha sido descontinuado na fábrica goiana. Esta unidade, inclusive, é responsável também pela produção do ix35 (segunda geração) e do New Tucson (terceira e atual geração). O primeiro modelo é oferecido com preço inicial de R$ 99.990 e usa um motor 2.0 flex de até 167 cv; enquanto o segundo parte de R$ 138,9 mil e é dotado de um propulsor 1.6 litro turbo a gasolina de 177 cv.

O Hyundai Tucson de primeira geração ainda figura no site da marca. A linha do modelo oferece duas versões de acabamento, por a partir de R$ 69.990; com direito a airbags frontais; freios ABS com EBD; direção hidráulica; ar-condicionado digital; trio elétrico; faróis de neblina; sistema de som com entrada USB; retrovisores externos com rebatimento elétrico, entre outros. O motor é um 2.0 litros flex de até 146 cv e 19,6 kgfm, associado a um câmbio automático de quatro velocidades.

Tracionando hyundai-tucson-primeira-geracao-3-1024x683 Hyundai Tucson começa a desaparecer das lojas Brasil Crossovers Hyundai Mercado  vendas Tucson primeira geração fim de linha crossover coreano concessionárias compacto Brasil
Hyundai Tucson de primeira geração

Já o Hyundai Creta, que é produzido ao lado do HB20 na planta de Piracicaba (SP), é dotado de um motor 1.6 flex de até 130 cv e 16,5 kgfm, com câmbio manual ou automático de seis marchas; ou um 2.0 flex de até 166 cv e 20,5 kgfm, com transmissão automática de seis velocidades. A versão de entrada, que custa R$ 72.990, oferece de série itens como airbags frontais; freios ABS com EBD; monitoramento de pressão dos pneus; sistema stop&go; volante com ajuste de altura e profundidade; banco do motorista ajustável em altura; volante multifuncional; direção elétrica; computador de bordo; chave canivete; sistema de som com USB e Bluetooth, entre outros.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Hyundai Tucson começa a desaparecer das lojas