Ford Ranger 2018 para os EUA
Ford Ranger 2018 para os EUA

Embora seja uma das referências em tecnologia no mercado brasileiro, sobretudo entre os recursos de segurança; a Ford Ranger 2018 ainda tem uma brecha para ser ainda mais moderna. Pelo menos é o que prova a versão norte-americana da picape, que acaba de ser apresentada pela fabricante norte-americana. O novo modelo está sendo atração no Salão do Automóvel de Detroit, que acontece até o dia 28 nos Estados Unidos.

De acordo com a empresa, a nova Ford Ranger 2018 para os EUA tem visual; chassi e conjunto mecânico desenvolvidos especificamente para aquele mercado. A picape recebeu aços de alta resistência em sua estrutura do para-choque dianteiro até o para-choque traseiro.

Ford Ranger 2018 para os EUA
Ford Ranger 2018 para os EUA

Já o visual conta com uma grade dianteira com desenho exclusivo; para-choques mais robustos; moldura nas caixas de roda; faróis e lanternas traseiras em LED e novas rodas de liga-leve.

No interior, porém, a Ranger 2018 norte-americana segue praticamente o mesmo padrão do modelo brasileiro; com direito ao sistema multimídia SYNC 3 com tela de oito polegadas e painel de instrumentos com duas telas de LCD. A lista de itens inclui ainda sistema de frenagem automática; aviso de saída de faixa; alerta de ponto cego; detecção de pedestres; controle de cruzeiro adaptativo; sistema de som Bang & Olufsen Play, entre outros.

Ford Ranger 2018 para os EUA
Ford Ranger 2018 para os EUA

A motorização, por sua vez, incui um 2.3 litros EcoBoost, dotado de turbocompressor e injeção direta de combustível. Junto a ele está uma nova transmissão automática de 10 marchas e tração nas quatro rodas.

O modelo estará disponível nas versões de acabamento XL, XLT e Lariat; com as séries visuais Chrome e Sport e também os pacotes FX e Off-Road, além das carrocerias SuperCab (cabine estendida) e SuperCrew (cabine dupla). Os preços ainda não foram divulgados.

Acompanhe o Tracionando também no Facebook, no Twitter e no Instagram!

Ford Ranger 2018 fica mais moderna para os EUA